27 de jan de 2014

A humanidade e os nossos olhos fechados

Abaixo cena do excelente filme "À Espera de um Milagre", baseada na obra de Stephen King (leia mais aqui).




"Diga a Deus Pai que foi uma gentileza sua. Sei que você está preocupado e sofrendo. Posso sentir. Mas você precisa parar com isso. Eu quero que acabe. Eu quero. Estou cansado, chefe. Cansado de estar na estrada, solitário como um pardal na chuva. Cansado de nunca ter amigo para me dizer aonde vai, de onde vem ou por quê. Principalmente, estou cansado de as pessoas serem ruins. Estou cansado da dor que sinto e ouço no mundo todo dia. É muita dor! São como pedaços de vidro na minha cabeça o tempo todo... Você consegue entender?...".

Opinião

Uma ótima resenha do filme feita por Pablo Villaça pode ser lida aqui. Lembro de ter debatido na época com colegas sobre a comparação do personagem John Coffey com a vida de Jesus, seus milagres, sofrimento, paixão e morte. É como se Jesus retornasse em outro corpo e tentasse nos alertar e mostrar o caminho a ser seguido, porém nossas escolhas continuam a margem de seus ensinamentos. Acredito que hoje ainda é possível encontrar em algumas pessoas esta semente do bem, o amor ao próximo, o perdão puro e o perdoar verdadeiro, mas triste são os nossos olhos que insistem em não se abrirem.


João M. A. da Silva
Data: 27/01/2014
Hora: 23h00
Atualizado: 20h52 de 28/01/2014
Momento: O entendimento humano
criticasconstrutivas.blogspot.com

Nenhum comentário: