22 de ago de 2012

Injustiça em São Paulo por Ferréz

O que é injusto em São Paulo?

"É o cara com um carro gigante buzinando para o carroceiro sair da frente. É o cara perguntando quanto é o prato feito em vários botecos e só poder pagar por um de R$ 4. E aí você vê um restaurante cobrando R$ 200 num prato. São Paulo é como uma cidade cenográfica, se você encostar muito, as paredes caem" (Ferréz, wiki) - retirado da reportagem de Regiane Teixeira, aqui.


João M. A. da Silva
Data: 22/08/2012
Hora: 23h10
Momento: classes sociais
criticasconstrutivas.blogspot.com

Dilma Rousseff na Forbes, algo que você não verá no Jornal Nacional

Estranho como não valorizamos o que temos de bom, um exemplo de uma boa política, Dilma Rousseff (wiki aqui). Se o partido não ajuda, tomemos como exemplo a história de luta pela democratização do país,  pela diminuição da diferença entre pobres e ricos e o combate a miséria.

Agora, estas boas notícias você nunca conhecerá se a sua fonte de informação é o Jornal Nacional, quem o assistiu nestes últilmos dias sabe bem do que estou falando (greve, mensalão, chacina, etc.).

 

João M. A. da Silva
Data: 22/08/2012
Hora: 13h30
Momento: um olhar positivo
criticasconstrutivas.blogspot.com

13 de ago de 2012

Sai Londres 2012 entra Rio 2016: olhando a frente

As Olimpíadas 2012 terminaram oficialmente ontem (12/08/2012) em Londres, dando inicio a contagem regressiva para o Rio 2016.

Neste intervalo, sugiro que melhoremos em três aspectos:

1º. Ferramentas e mecanismos anticorrupção: sabemos que perderemos de forma marginalizada muito dinheiro na realização da olimpiada, tentemos pelo menos minimizar o prejuízo. E uma iniciativa interessante por parte do governo federal é o Portal da Transparência Jogos Rio 2016 (site aqui), fazendo uma comparação tosca, a transparência esta para o corrupto assim como a cruz para o diabo. Iniciativas com foco na transparência nos convênios, licitações e contratos são sempre bem vindas. Esperemos mais ainda do governo e prefeitura do Rio além de leis e punições mais fortes para aqueles que preferem caminhar ao arrepio da lei.

2º. Fortalecimento do esporte como formento de valores, disciplina, respeito, dedicação, saúde física e mental: acredito que este seja um trabalho a longo prazo, mais que deveria ter data para começar, e este começo é uma politica pública de incentivo ao esporte, não necessariamente o esporte de alto rendimento, mais todo e qualquer esporte que apresente valores importantes de crescimento a ser passado a crianças e jovens.

3º. Olhar para si, cultura e heroís brasileiros: somos fortemente influenciados a consumir cultura externa e a valorizar heróis de outros paises, veja um exemplo recente, colocamos Usain Bolt no topo e apenas tiramos uma foto com Arthur Zanetti. Sabemos mais de musica americana do que brasileira, ou quando fazemos algo próprio, criamos apenas um produto para ser consumido em rádios comerciais, como exemplo veja o que se tornou a musica sertaneja, longe da música de raiz. E os nossos poetas? Nossos atores e atrizes? Nossos pesquisadores e cientistas, você sabem quem são? É um momento interessante para este olhar interior.




João M. A. da Silva
Data: 13/08/2012
Hora: 15h00
Momento: Fugindo dos estereótipos
criticasconstrutivas.blogspot.com