2 de fev de 2012

A virada outrora

O tempo outrora do sonho esquecido

E olhando a frente como se fosse possível, olhou para o lado.

... não tinha nada lá além de um velho alambrado.

Nenhum comentário: