1 de mar de 2010

Cabrini, Jornalismo e TV Record

Roberto Cabrini deixou a Record e atualmente esta no SBT e tem sua estréia nesta quinta (04/03/2010) com o programa Conexão Repórter. Lendo uma entrevista sua cedida ao Jornal Extra (aqui), lí algo que me fez lembrar de uma postagem que fiz aqui no blog sobre reportagens "subliminares" da TV Record contra a Igreja Católica (releia aqui).

(...)
Extra: Por que você saiu da Record?

Cabrini: A proposta financeira foi irrecusável [algo em torno de R$ 350 mil]. Mas tive liberdade total na Record. No meu primeiro dia, disse que não faria matéria falando mal da Globo nem da Igreja Católica. Eles aceitaram e foi sempre assim.
(...)

Veja este ponto: Eles aceitaram... É conclusivo pensar que tal procedimento é praxe na Record, falar mal da Rede Globo e da Igreja Católica. Isso ao meu ver é um péssimo jornalismo e infelizmente bons jornalistas ficam manchados trabalhando em tal emissora.


João M. A. da Silva
Data: 01/03/2010
Hora: 21h58
Momento: Pescando lixo no rio poluído
criticasconstrutivas.blogspot.com



[Este 'Post' também foi publicado no Observatório da Imprensa, leia aqui]

Nenhum comentário: