18 de set de 2009

Diretor que é vereador em época de Copa: Politica e Futebol nas entrelinhas

Este mês acompanhando um programa na TV sobre futebol no horário do almoço, percebi a tradicional presença de um bizarro diretor de futebol que hoje é vereador pela cidade de São Paulo, eleito com a ajuda do próprio programa e outras aparições na TV.

Nos momentos em que acompanhei a discussão era sobre a construção ou não de um estádio na cidade de São Paulo por causa da Copa, este estádio como todos sabem iria potencialmente para o Corinthians, time rival do diretor bizarro. Até aí tudo bem, até que em certo momento o diretor-vereador falou que se alguém (legislativo) aparecece com qualquer projeto de construção de novo estadio ele iria vetar e fazer companha contra.

Pergunto por que?

Bem se sair a construção de um novo estádio, o de seu clube não iria sediar nenhum jogo da copa e consequentemente iria perder a tradicional chuva de dinheiro das construções. Assim sendo, falou o tal diretor, estamos lutando para a construção de um estacionamento próximo ao nosso estádio (exigência da Fifa), e faremos de tudo para construí-lo.

Ou seja, usando o poder público para legislar em causa notoriamente própria.

Para encerrar vamos as datas: O anúncio do Brasil como sede saiu em 30 de outubro de 2007 e a eleição para vereadores foi no ano passado 2008.

Mas entrelinha somente se as retas não forem paralelas.



João M. A. da Silva
Data: 18/09/2009
Hora: 18h53
Momento: Ainda organizando os jornais...
criticasconstrutivas.blogspot.com

Nenhum comentário: