15 de jun de 2007

Relaxe e goze - frase de Marta Suplicy



"Relaxe e goze"

(Marta Suplicy, sobre os atrazos nos aeroportos do governo Lula)

Data: 14/06/2007

2 comentários:

osperegrinos disse...

Pois é...

Esta frase resume muito bem o governo do PT: cheio de boas intenções e ótimas idéias, mas não precisa nem de inimigos, de tão completo que é!

Tenho profunda simpatia por muitos petistas, mas prefiro a maioria deles de boca fechada!

Quanto ao teu comentário, em meu blog, embora tenha partido de conclusões equivocadas, faz jus ao nome do teu blog!

Digo "equivocadas" porque João Paulo II não excomungou a Teologia da Libertação, nem ninguém que dela seja adepto! O que ele fez foi impôr silêncio obsequioso a Leonardo Boff, o que é diferente de excomunhão! Embora não seja mais Frei, Boff continua católico!

Mas enfim... Obrigado!!! Você é o primeiro a discordar com argumentos! Os demais souberam apenas atirar pedras!

Espero que não se incomode de eu adicioná-lo aos meus favoritos!

Paz & Bem!!!

Zé Luiz.
(Catolissíssimo, apesar de muitos não gostarem!)

Samira disse...

Olá! Vi seus comentários em meu blog e gostei do título do seu. A verdade é que falta, em meio a net, críticas construtivas, pois muitas pessoas só sabem fazer críticas sem fundamento. Parabéns pela sua iniciativa. Quanto aos textos que você leu, e que gostaria de saber mais a respeito, segue as considerações:

Em relação ao texto "Ando por um país revolto, sem leis", o fiz em face da "guerra civil" que ocorre diariamente no RJ, e que o governo e demais pessoas simplesmente ignoram. Aproveitei e deixei subentendido sobre toda a guerra que ocorre no mundo afora, e que simplesmente não damos a mínima, continuamos nossas vidas tranqüilamente, mesmo sabendo que mais de mil morrem, talvez por mês, no Iraque, por exemplo. As músicas de Seu Jorge, bastante críticas, explanam fielmente a realidade nesse país, no qual as leis são favoráveis aos colarinhos brancos e muito pouco, quase raramente, a todos os civis operários. Enfim, é uma questão profunda e que merece atenção, mas que ficaria quase o dia inteiro aqui, para explicar...rs.

Já quanto ao texto "Uma verdade inconveniente", falando a respeito do documentário feito por Al Gore, e que você comentou pedindo um debate a respeito do quesito informação em nosso país, este é um ótimo tema, uma vez que apenas um pequeno grupo de formadores de opinião detêm o que chamo de 'informação real' em nosso país, enquanto a grande massa é constantemente alienada pelos grandes veículos, principalmente a TV. Apesar disso, muitos sabem que muitas das "verdades" ditas nos telejornais são mentiras, que acabam se tornando axiomas, por serem ditas com tal vêemencia. Mesmo assim, essas mesmas pessoas consideram tais veículos como fonte de informação.

O que é preciso, a meu ver, é criar nas pessoas a consciência crítica, a reflexão da notícia e a busca pela diversidade de fontes de informação. Contudo, isto não é fácil em um país onde os livros são caros (para um operário que ganha um salário mínimo para sustentar a família) e os jornais não são tão acessíveis, haja vista que não é fomentado, em nossa cultura, o gosto pela leitura. Enfim, também é um tema super complexo mas que, posso sim, poder direcioná-lo no blog.

Gostaria, mais uma vez, de agradecer a visita e pode visitar sempre que quiser. Abraços e fique com Deus. Samira.