25 de abr de 2007

Resenha: Gestão de Carreira – será apenas mais uma gestão?

João Messias Alves da Silva – Diogo Paula de Oliveira
Metodologia da Pesquisa Tecnológica
Faculdade de Tecnologia de Guaratinguetá

SILVA, Andréa C. R., “Gestão de Carreira – a moderna forma para se alcançar o sucesso”. Guaratinguetá: FATEC/monografias, 2002. 57 páginas. Atualmente o mundo se tornou uma grande competição entre organizações, e para se encaixar neste novo cenário o profissional precisa definir metas e acompanhar as mudanças das empresas.

Podemos analisar o período antes da Revolução Industrial, onde se aprendia um ofício e seguia-o até o final da vida. O período da Revolução Industrial, em si, onde o homem era considerado um apêndice da máquina. Em seguida o período da Revolução Industrial Neoclássica, onde as competições entre as organizações tornaram mais intensas, surgindo um novo profissional. E por último o período da Informação (Tecnologia), aonde encontramos mais investimentos, mais competições, cargos de acordo com a demanda tecnológica e equipes multifuncionais de trabalho. Nesta fase o termo Recursos Humanos é substituído por Gestão de Pessoas.

O profissional de hoje tem então que administrar a si mesmos e sua carreira como um negócio próprio.

Alguns tópicos gerais são necessários para o entendimento da Gestão de Carreira.

Carreira, podemos defini-la como a trajetória da vida profissional de um indivíduo (de acordo com seus valores pessoais), é o desenvolvimento profissional como um todo.

Gestão, uma palavra atual, que veio juntar as palavras administrar, planejar e organizar. Então temos Gestão de Carreiras, como um processo no qual os indivíduos desenvolvem, implementam e monitoram metas e estratégias de carreira.

O profissional que queira começar a fazer uma gestão de sua carreira, precisa ter em mente algumas características pessoais e de ambiente: Espírito crítico, auto-avaliação, reflexão da realidade, ferramentas para desenvolver objetivos à longo prazo, auto-conhecimento (auto-imagem, consciência das características individuais) e conhecer os ambientes de carreira (tipos de ocupação, características, da ocupação, tipos de empresa, habilidades, níveis de remuneração, situação no mercado de trabalho, carreiras promissoras e obsoletas, instituições de ensino e influência na família).

A autora apresenta ainda um estudo do modelo EPIA, de Martins (2001) que se baseia:

E – Escolha, influenciada pela sociedade, família e cutlura.

P – Planejamento, estratégias, metas e planos.

I – Implementação, concretização das estratégias de carreiras.

A – Avaliação, feedback dos resultados implementados.

Este modelo, é interessante, apesar de simples e generalista, pois normalmente qualquer individuo, um pouco mais desenvolvido racionaria nestas etapas.

É interessante, justamente por ser simples, muitas das soluções das nossas vidas, focando aí em gestão da carreira, são desenvolvidos em passos simples, concisos e práticos. Vejamos, escolhemos um caminho, planejamos, implementamos e avaliamos, estas etapas se estende para outras atividades de nosso dia a dia.

Em suma, a Gestão de Carreira esta no estudo das gestões, que hoje virou um conceito muito usual e por isso corre o risco de não ser levada tão a sério. Ela foi desenvolvida para uma única coisa, manter o individuo empregável, competitivo para o novo mercado. Hoje querem colaboradores pensantes, com isso faz com que a Gestão de carreiras seja levada a séria.

Mas, acredito que antes de tudo quem manda mesmo é o próprio homem, se ele não mudar seus pensamentos, ou ainda não acordar para o que vêm, e não se preparar, a organização mais importante de sua vida, que é a própria vida poderá pedir falência e pelo número de concorrentes que temos, levará um bom tempo para se levantar novamente.

Referências Bibliográficas

SILVA, Andréa C. R., “Gestão de Carreira – a moderna forma para se alcançar o sucesso”. Guaratinguetá: FATEC/monografias, 2002. 57 páginas.

MARTINS, H. T. Gestão de Carreiras na era do Conhecimento. 1ed. São Paulo: QUALITYMARK, 2001.

Nenhum comentário: