24 de out de 2006

O interesse dos desinteressados

Existem um certo padrão na vida, no qual as pessoas se encaixam ou não.
É do ser humano apenas cuidar e procurar aprender aquilo que lhe interessa. Quando temos algo que não é da nossa conta ficamos impacientes e logo procuramos não dar importância. Isso existe, acontece e é normal em nós. Mas existe um problema!
Quando estamos em grupo, iremos encontrar várias situações que devemos respeitar o interesse dos outros. Mas a palavra respeito ela não é muito usada em nossa espécie, talvez isso aconteça entre os cachorros ou entres os ratos, mas entre os humanos é muito pouco praticado, infelizmente.
Terminamos com a seguinte frase: "Um dia precisarei de seu conhecimento, mas hoje meus ouvidos estão fechados para você".

(Autor: João M. A. da Silva)

Um comentário:

Leila disse...

Bem a historia que se criou no decorrer dos fatos deixa uma reflexão e lição que tem ficar atento as fatos,por isso que foi um desafio ao gerente de reverter a situação em três meses ou jamais conseguiria trabalho em sua aréa.Ou seja estava acomodado com isso fez pensar no novo modelo organizacional, entre a fábrica e funcionários, todos faziam parte do mesmo processo, quando se trabalha em equipe para solucionar o problema, toodos faz parte do mesmo sistema co o mesmo objetivo.