29 de jun de 2006

Qual a contribuição/Importância da antropologia no Brasil atual

Fazendo uma analise pessoal, vou pensar junto com a massa.

O Brasil tem cerca de 180 milhões de pessoas. Uns 170 milhões não sabem o que significa antropologia [faltou referência]. Claro as pessoas não precisam conhecer certas coisas para saber que aquilo é bom para elas, mas vejamos.

O conceito da antropologia é de uma ciência que estuda os homens, a maneira como organizam e vivem, além de fazer questionar-se sobre toda a vida do ser humano em um olhar cientifico.

Em uma visão não acadêmica, e pensando junto com a massa, a antropologia não ajuda em nada, vamos pensar um pouco, algumas coisas que o homem faz em seu dia-a-dia é da sua própria natureza e isso faz com que a antropologia ajude apenas a identificar e pensando bem não sei se isso é positivo ou negativo.

Penso de uma forma geral, que a Antropologia para ajudar a melhorar a humanidade deveria ser mais humana e menos técnica, técnica no sentido de fugir um pouco dos centros universitários e acadêmicos, fugindo de discussões pequenas com grandes mestres e doutores. Deve sim conversar com o morador de rua, dona de casa, alunos de escola pública, políticos e profissionais da mídia, para poder penetrar melhor na grande massa.

Um outro ponto negativo do universo da Antropologia são seus livros, que são livros muito complexos e cheios de volta, penso que os livros deveriam ser ferramentas para esclarecimentos de um povo.

Em síntese a antropologia não apresenta soluções para os problemas, ajuda a criar mais. Claro que também tem o outro lado, como sendo uma importante ferramenta para conhecermos de onde vem estes problemas, [-] para sonhar com um futuro melhor.

Mas isso ainda é muito pouco para uma ciência.

João M. A. da Silva
criticasconstrutivas.blogspot.com

6 comentários:

Anônimo disse...

realmente quando a ignorancia é muita a pessoa não se da conta que tem coisas que são muito importante na vida:ou vc acha que um antropologo ir viver por meses em uma tribo indigena ,para conhecer seu modo de vida, sair da sua realidade e se adequar a outra totalmente diferente é facil?pois vc se engana...estude um pouco mais sobre o que é antropologia, quais são seus objetivos,para depois divulgar algo, pois não podemos falar do que não conhecemos...bj.

João M. A. da Silva disse...

Olá, obrigado pela visita. Quando temos que explicar um texto é porque ele, de certa forma esta errado, mesmo assim, vou tentar explicar, o 'post' acima não é uma crítica para a ciência em si, e sim o meu ponto de vista em um olhar não acadêmico, o olhar não acadêmico é aquele olhar em que não preciso estudar a fundo para emitir uma opinião ou em que não preciso me utilizar de referências bibliográficas para apoiar o meu racicionio, a crítica foi bem simples e direta: 'escrevemos menos e praticamos mais a antropologia, como levar esta ciência para uma efetiva melhoria de vida?'. No mais, lhe convido a escrever sobre ela, me envie um e-mail joaomessiasalves@gmail.com que atualizo este 'post', abraços.

Anônimo disse...

agora entendi o que vc quis dizer..vale.abraços

João M. A. da Silva disse...

ok... mais o convite ainda esta aberto.. abraços.

Anônimo disse...

lixo , vc que não contribui em nada!

João M. A. da Silva disse...

Anônimo, obrigado pelo comentário e até pela crítica vazia, porém a prefiro de forma construtiva, lhe convido a explanar melhor o uso da palavra "lixo" e seu ponto de vista sobre o tema. Grande abraço.